CHB

Chuva Prejudica a moagem e qualidade da cana na primeira quinzena de outubro

Notícia Segmento Sucroenergético - Publicado em 29/10/2013

O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil totalizou 31,17 milhões de toneladas nos primeiros 15 dias de outubro, 17,95% abaixo do montante registrado na mesma quinzena do ano anterior (38,00 milhões de toneladas) e queda de 8,15% em relação ao valor observado na última metade de setembro de 2013 (33,94 milhões de toneladas).

Esse recuo se deve as chuvas que novamente atingiram tradicionais áreas canavieiras, prejudicando a operacionalização da colheita. Segundo estatísticas da Somar Meteorologia, o índice de precipitação pluviométrica em Piracicaba, por exemplo, alcançou 62,60 milímetros na segunda quinzena de outubro, contra 31,00 milímetros apurados ao longo de todo o mês de setembro.

Além de diminuir a moagem, o excesso de chuvas também reduziu consideravelmente a concentração de açúcares na planta na primeira quinzena de outubro. Neste período, a quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de matéria-prima processada atingiu 139,59 kg, contra 149,80 kg verificados na mesma quinzena de 2012.

O diretor Técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Antonio de Padua Rodrigues, lembra que “mais de 100 milhões de toneladas ainda deverão ser processadas até o final da safra”. Esse volume de cana será moído em um período em que geralmente se observa menor concentração de ATR na planta, ratificando a previsão de queda no teor de açúcares na cana nesta safra, acrescentou o executivo.

No acumulado desde o início da atual safra até 16 de outubro, a quantidade processada de cana-de-açúcar somou 471,39 milhões de toneladas. Este volume representa um crescimento de 12,41% relativamente ao apurado em igual período de 2012 e, principalmente, supera pela primeira vez no ciclo atual as 471,11 milhões de toneladas registradas neste mesmo período da safra 2010/2011, ocasião em que as usinas localizadas na região Centro-Sul processaram o recorde histórico de 556,95 milhões de toneladas ao seu final.

A qualidade da matéria-prima acumulada desde abril é 133,57 kg de ATR por tonelada de cana-de-açúcar, frente a 135,16 kg observados em idêntico período do último ano.

Fonte: www.unica.com.br

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.